Crackers e torta fora de série

Que tal uma receita super versátil de massa de torta e de crackers e vice-versa!

Você pode ter a intenção de preparar uma torta, mas com o excedente da massa da torta, você poderá preparar algumas bolachas caseiras que eu chamo de crackers.

Ou você pode querer preparar somente as crackers! Então vai poder se divertir na preparação da massa e depois testar as suas habilidades de pâtissier para recortar as crackers ou deixá-las grandes e inteiras e cortar somente depois de prontas. Vou explicar melhor nos vídeos da nossa conta no instagram. Confira!

A receita também é versátil porque eu já preparei de diversas formas e sempre dá certo. Vou publicar aqui a receita pra você entender toda essa versatilidade. Você pode utilizar todos os ingredientes ou não, varia do seu gosto e de acordo com os ingredientes que você tem em casa.

Então vamos à receita da massa!

  • 1 ovo levemente batido
  • 1 xíc. de leite de côco, amêndoas ou gergelim
  • 1/2 xíc. de água (ou mais se for necessário)
  • 2 col. (sopa) de manteiga ghee (pode optar por NÃO utilizar quando preparar com o leite de côco)
  • 2 e 1/2 xíc. de farinha de milho flocada (pode utilizar até 3 xíc.)
  • 2 col. (sopa) de psyllium (pode optar por NÃO utilizar)
  • 1 col. (café) de sal
  • 2 col. (sopa) de gergelim preto
  • 2 col. (sopa) de gergelim branco
  • 1 col. (café) de cúrcuma (açafrão da terra)
  • 1/2 col. (café) ou uma pitada de pimenta do reino moída

Você pode agregar orégano, tomilho, curry, páprica doce ou o tempero de sua predileção.

E também pode utilizar outras sementes como: grãos como chia, linhaça, semente de papoula, semente de girassol, entre outras.

Modo de preparo:

Bater o ovo com a cúrcuma, a pimenta e o sal. Acrecentar o leite e bata. Juntar todos os outros ingredientes e amassar com as mãos até ficar homogêneo. A sua massa está pronta! Parabéns!

Caso você não vá preparar a massa em seguida, faça uma bola (ou duas, se preferir dividir) e passe o papel filme e guarde na geladeira. Ela dura assim por até 3 dias.

Para as crackers:

Abrir a massa até ficar bem fininha, recortar no formato desejado e colocar para assar sobre papel manteiga ou fôrma anti-aderente.

Você também pode abrir a massa sobre o papel manteiga e assá-la por inteiro. Depois de pronta pode servir assim ou quebrá-la para guardar em um pote de vidro. Dura até uma semana bem armazenada em vidro.

Para a torta:

Em uma assadeira anti-aderente ou sobre o papel manteiga, molde a massa com as mãos até ficar com a base fina e as bordas completas. O que sobrar das bordas recorte e guarde para preparar algumas crackers.

Em seguida, ainda sem o recheio, leve a massa ao forno médio por cerca de 15 minutos. A massa necessita ser assada antes de levar o recheio para que possa ficar consistente e dourada na parte de baixo.

Lembre-se de que se trata de uma massa sem glúten e que, portanto, tanto no momento de preparar a torta, quanto as crackers você deverá levar em consideração que a massa pode ficar mais aerada e quebradiça. Ela não terá a mesma consistência de uma massa preparada com a farinha branca. Tenha paciência e molde com as mãos na própria fôrma porque o resultado é fora de série.

Versão vegana:

Caso você queira preparar a torta sem qualquer produto de origem animal, utilize o psyllium e mais água no preparo. Nesse caso você não irá utilizar o ovo e a manteiga ghee caso não queira, mas o leite de côco, por ser bem untuoso, exercerá um papel fundamental no preparo.

Recheios de torta:

Hora de soltar a imaginação e ser criativo!

Aqui em casa adoramos preparar as tortas com muitos verdes e caprichamos nas folhas verde escuras, como couve, kale, espinafre e também acelga, alho poró, mostarda e outras.

Um ingrediente que adoramos utilizar nas tortas também é o cogumelo fresco e para refogá-lo, os tradicionais, alho, cebola, pimentão, ou o alho poró.

Você também pode utilizar peixes como o salmão, pescada, congrio rosa ou a anchova (já previamente assados) ou em conserva, lembrando que devemos evitar comer alimentos em lata: sardinhas, atum, as anchovinhas, etc.

Outras ideias, como refogar brócolis, couve-flor, cenouras, e até mesmo berinjelas podem render lindas e deliciosas tortas.

A versão de beterrabas e queijo de cabra na foto acima é deliciosa também!

As tortas por serem bonitas e festivas são um ótimo veículo para transportarmos alimentos que devem constar da nossa dieta, mas que podemos considerar “mais difíceis” de consumir, por alguma razão.

Acompanhe os vídeos em nossa publicação no instagram e bom apetite!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s